Blog SAE Digital
uso da tecnologia em sala de aula

5 formas de engajar seu professor no uso da tecnologia em sala de aula

Nos últimos anos, o processo de ensino e aprendizagem tem sofrido grandes mudanças com a entrada dos alunos das gerações Z e Alpha nas escolas. Se os alunos já consomem conteúdos multiplataformas, o professor e a escola também devem se adaptar e inserir cada vez mais a tecnologia em sala de aula.  No entanto, engajar o professor nesse uso ainda é um desafio para muitos gestores. Quer saber como incentivar e estimular o uso da tecnologia em sala de aula? Continue lendo esse texto!

1.      Invista na formação continuada

A primeira e talvez a mais importante forma de engajar o professor no uso da tecnologia em sala de aula é promovendo a formação continuada de toda sua equipe pedagógica.

Muitas vezes, a falta de capacitação sobre como usar os recursos tecnológicos, o não saber como utilizá-los da melhor forma, pode ser um dos motivos para a resistência e a falta de engajamento dos professores no uso da tecnologia em sala.

Por isso, promova e invista nessa formação já na implantação do Sistema de Ensino e continue ao longo do ano letivo com cursos, workshops, palestras e dinâmicas. Dessa forma, você deixará seus professores alinhados com a realidade das novas tecnologias e dos estudantes das novas gerações.

2.      Mostre seu potencial pedagógico

Mostrar o potencial pedagógico do uso da tecnologia em sala de aula também é muito importante para convencer o professor de que ela não vai substituí-lo, mas que será uma aliada no processo de ensino e aprendizagem.

Portanto, trabalhe com seus professores as vantagens do uso da tecnologia em sala de aula, como a melhora do desempenho dos alunos, a maior dinamicidade das aulas, a maior participação dos alunos em sala, além da aproximação com a realidade dos estudantes das novas gerações.

Se julgar necessário engajar ainda mais seus professores, converse com seu Sistema de Ensino parceiro e peça para entrar em contato com outras escolas conveniadas que tiveram sucesso no uso dos recursos tecnológicos. O compartilhamento de experiências e resultados é, sem dúvidas, uma das melhores formas de mostrar o potencial pedagógico do uso da tecnologia em sala de aula.

3.      Atualize seu Projeto Político Pedagógico

A atualização do Projeto Político Pedagógico (PPP) de sua instituição atrelado às outras formas de engajamento que estamos te mostrando nesse post, pode ser um grande aliado para incentivar seus professores a trabalharem com a tecnologia em sala de aula.

Mas como isso se ocorre? Como o PPP prevê a proposta curricular e os objetivos da escola, sua atualização e sua elaboração de forma coletiva – junto aos professores – é uma forma de discutir a presença da tecnologia em sala de aula e como ela será trabalhada nos planos de aula. 

Veja como montar o PPP de sua escola.

4.      Utilize a tecnologia como apoio e complemento ao seu material didático

É evidente que o material didático físico tem grande importância para o processo de ensino e aprendizagem, no entanto ele sozinho não é suficiente para engajar os alunos das novas gerações em sala de aula.

Por isso, os recursos tecnológicos em sala de aula são essenciais para dinamizar a aula e o processo educacional. Além disso, quando a aula se torna mais interativa, a relação entre alunos e professores fica mais próxima e o desempenho do aluno também melhora.

Por isso, é fundamental incentivar os professores a utilizarem os recursos tecnológicos do material e incluí-los nos planos de aula. Incentive e aos poucos – quando o resultado aparecer e a aula se tornar mais dinâmica e participativa – eles vão se encantar com a tecnologia em sala de aula e, com certeza, vão usar sempre!

5.      Destaque a facilidade que o professor terá para perceber as dificuldades dos alunos

A tecnologia educacional não está presente somente como recurso de apoio ao material didático – como a Realidade Aumentada, por exemplo – mas também como uma ferramenta de apoio ao professor. 

Esse é o caso da Plataforma Adaptativa, por exemplo, na qual os alunos podem assistir videoaulas e resolver questões sobre o assunto trabalhado. Além de trazer benefícios para o processo de ensino e aprendizagem do aluno, ela também auxilia o professor quando gera relatórios de desempenho.

E é a partir desses relatórios que a equipe pedagógica pode identificar mais facilmente as dificuldades individuais e coletivas dos seus estudantes. Dessa forma, com esses resultados, a escola pode intervir no processo de aprendizagem da turma de forma mais efetiva, traçando, assim, novas estratégias de ensino.

E aí, como é a receptividade dos professores no uso da tecnologia em sala de aula? Compartilhe com a gente. É só deixar um comentário.

Quer saber mais sobre Tecnologia Educacional, por que utilizar e como implementar na sua instituição de ensino? Leia o nosso super post e saiba tudo sobre o assunto!

 

Fernanda Penteado

Jornalista. Apaixonada pelo mundo, cultura, tecnologia e educação.

Adicionar comentário

Baixe gratuitamente todos os materiais da BNCC!