Blog SAE Digital

Início do ano letivo: como utilizar a tecnologia para receber os alunos?

Loading Likes...

O início de um novo ano letivo é sempre uma oportunidade de repensar estratégias e desenvolver novos e melhores hábitos para a prática pedagógica. Um ponto que merece atenção especial neste começo de 2018 é a inclusão da tecnologia em sala de aula. O uso das tecnologias digitais permeia todo o documento da Base Nacional Curricular, aprovado no final do ano passado.

Competência geral n.º 5 da BNCC: Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br

Que tal utilizar a tecnologia para receber os alunos e prepará-los desde já para “compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação”, conforme previsto na BNCC? Preparamos uma série de dicas a fim de engajar os alunos com os recursos tecnológicos desde o primeiro dia de aula. Confira:

 

Sejam bem-vindos à escola do século XXI!

Uma forma de gerar engajamento dos alunos nas redes sociais é fazer um álbum de fotos na fanpage do colégio no Facebook, com imagens de boas-vindas para cada turma, convidando os alunos a se marcarem nas respectivas classes. Pode ser uma maneira de “quebrar o gelo” e promover a integração – especialmente de novos alunos. 

Enviar um e-mail ou mensagem de WhatsApp desejando as boas-vindas a alunos e pais, de forma individual, também é uma ideia que pode contribuir para dar um tom mais pessoal e caloroso à recepção dos estudantes no novo ano letivo. Que tal aproveitar essa mensagem para convidá-los a curtir e acompanhar as novidades na fanpage da escola? 😉

Existem muitas maneiras de utilizar a tecnologia para recepcionar os alunos. É hora de soltar a criatividade!

 

Quais são os recursos disponíveis?

É importante organizar uma primeira aula no laboratório de informática, ou na própria sala de aula (se for possível), para apresentar todos os recursos tecnológicos que serão utilizados durante o ano letivo (livro digital, videoaulas, ambiente virtual de aprendizagem, Realidade Aumentada etc.). É o momento em que todos – professores e alunos – podem se familiarizar com a tecnologia disponível e solucionar dúvidas. Neste momento, é possível verificar a desenvoltura da turma no uso de cada ferramenta para, a partir daí, traçar sua estratégia para aquele grupo.

 

Conheça o seu público

Converse com os alunos e identifique quais são os canais mais utilizados por eles (YouTube, Snapchat, Facebook etc.) para buscar ideias de como essas ferramentas poderiam ser aproveitadas nos trabalhos em sala e nas tarefas de casa. É essencial contar com a participação dos alunos e levar em conta as sugestões deles. É preciso que eles se sintam parte do processo de decisão, pois isso pode fazer toda a diferença em ter uma turma engajada ou indiferente às atividades que serão propostas durante o ano.

 

Mãos à obra!

Levando em conta o perfil dos alunos, é possível criar um grupo no WhatsApp ou no Facebook para facilitar a troca de informações durante o ano. O grupo pode ter a “cara” de cada turma: pode servir para divulgar avisos, postar as datas referentes ao período de provas e à entrega de trabalhos, compartilhar notícias interessantes, mostrar os trabalhos dos alunos etc. Cabe ao professor, junto à turma, fazer essas definições. Se os alunos habitualmente assistem a vídeos de youtubers famosos, por que não sugerir a criação de um canal para a turma, por exemplo?

 

O combinado não sai caro

O início do ano letivo é também o momento de estabelecer vínculos, acordos e regras coletivas. Para que todos estejam de acordo, bem como visando a evitar problemas futuros com relação à disciplina, é importante determinar com a turma as regras de utilização da tecnologia em sala de aula. Vocês podem decidir, por exemplo, quando e com que finalidade esse uso será permitido, quando será proibido etc.

 

Não se esqueça de que, antes de utilizar qualquer recurso tecnológico, é importante verificar que tipo de acesso os alunos da sua turma têm à tecnologia (se possuem smartphone ou tablet para uso próprio, se possuem acesso à internet em casa e na escola etc.). Verifique também se a ferramenta é adequada à faixa etária dos alunos. Dessa forma, é possível garantir que o uso da tecnologia seja inclusivo e respeite as definições de segurança e privacidade de cada estudante.

O que achou das sugestões? Conte pra gente de que forma você utiliza a tecnologia para receber os alunos na sua escola!

Banner-1-Sistema-de-ensino

Fernanda Andreazzi

Publicitária com um pé no jornalismo e outro no design. Apaixonada por livros e educação.

2 comentários

  • Adorei as dicas e certamente vou mergulhar nesse mundo das tecnologias da educação. Sou prof. De ciências de 6° a 9° ano e em 2017 já iniciei alguns projetos utilizando tecnologias. É mais que urgente que a escola se adapte a esse mundo novo de nossos alunos.

    • Que bom que gostou das dicas, Priscila! Também acreditamos que é possível transformar a educação por meio da tecnologia. Continue fazendo um ótimo trabalho! 😉