Blog SAE Digital
copa do mundo

Copa do Mundo 2018: Como trabalhar o mundial nas escolas para além do futebol

É oficial, o Brasil está em clima de Copa do Mundo! O verde e amarelo já tomou conta das ruas. Na internet, a copa já é notícia nos portais e tema de discussão nas redes sociais.  Além disso, o álbum de figurinhas já é febre no país todo, assim como os pontos de troca de adesivos nas cidades.

Nas escolas não é diferente. De quatro em quatro anos, é comum ver estudantes chegando com seus álbuns e com um “bolinho” de figurinhas repetidas para trocar com os colegas. Assim, a relação das instituições com a Copa do Mundo pode superar a presença dos álbuns nas escolas e ir muito além do futebol  trabalhado nas aulas de educação física.

Trazer este tema para a sala de aula pode ser uma forma de engajar mais os alunos nesse final de semestre. Quer saber como trabalhar a Copa do Mundo em sua instituição de ensino e tornar as aulas mais divertidas? Confira as dicas que preparamos para você. Vamos ler?

Esqueci da Copa na hora de planejar as atividades, e agora?

Em ano de Copa do Mundo, algumas escolas já preveem em seu Projeto Político e Pedagógico (PPP) a inserção da temática em várias disciplinas.  No entanto, se sua escola não colocou o mundial em pauta e você quer trabalhá-lo, ainda dá tempo.

Não é preciso realizar atividades muito elaboradas. Trazer a temática direta ou indiretamente em exercícios já despertará a atenção de seus alunos.  Por exemplo, em uma atividade de Língua Portuguesa você pode trazer textos recentes sobre a Copa do Mundo 2018 ou sobre a história do torneio e trabalhar o conteúdo que já estava programado a partir deles.

Simples, não é? Quer mais sugestões de atividades? Continue com a gente!

Veja como montar o PPP de sua escola.

Como inserir a Copa do Mundo na minha disciplina?

Trabalhar datas comemorativas e eventos de interesse dos alunos pode ser um desafio para muitos professores. Normalmente surge aquela dúvida: como posso inserir determinado tema em minha disciplina?

No caso da Copa do Mundo, mesmo sendo um evento esportivo, é possível trabalhá-lo em inúmeras disciplinas. Confira na lista abaixo o que pode ser abordado em quatro delas.

Matemática
Na matemática é possível trabalhar com gráficos de desempenho das seleções durante a copa, com a probabilidade de cada uma ganhar o título, com a estruturação de tabelas (resultados de jogos, grupos da copa e das etapas do torneio), além de trabalhar com conceitos da geometria plana e espacial a partir do desenho de campos e estádios de futebol.
Geografia
Já na geografia o foco pode ser a diversidade cultural. Neste ano, 32 países têm seleções disputando o título de melhor do mundo. Assim, tanto a cultura e a geopolítica quanto a geografia física desses países podem ser exploradas.
História
Além de trazer curiosidades sobre a Copa do Mundo, nas aulas de história os professores podem trabalhar suas relações político-econômicas ao longo dos anos, assim como a relação do torneio em períodos ditatoriais. Outro ponto interessante é trazer os principais acontecimentos do mundo em anos de copa. 
Educação Física
Nas aulas de Educação física, além de explicar sobre as regras do futebol, por que não fazer uma Mini Copa entre turmas? Integrar esse projeto a outras disciplinas é uma boa ideia. Na biologia, por exemplo, podemos falar da fisiologia humana.

Após a Copa do Mundo, no retorno das aulas para o segundo semestre, os professores podem trazer exemplos e resultados concretos do que já aconteceu. A atualização das atividades, com fatos recentes do que acontece no mundo, é uma forma eficaz de despertar a atenção dos alunos e tornar a aula mais participativa.

Independente da disciplina, durante o planejamento das atividades é importante lembrar que cada uma deve ser pensada de acordo com a faixa-etária dos alunos e do conteúdo já programado para cada turma.

Quais valores posso trabalhar com meus alunos?

Em períodos de eventos esportivos muito se fala de fair-play, mas qual o significado desse termo?  Segundo o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, fair-play é uma expressão da língua inglesa que significa “procedimento leal”, ou seja:

1. Comportamento leal (ex.: o fair-play não era o seu forte).

2. Jogo franco e segundo as regras.

3. Respeito pelas regras e pela lealdade desportiva. = DESPORTIVISMO

           4. Que aceita lealmente as condições de um combate ou de uma prova; 

que não procura iludir o seu adversário.

 (Dicionário Priberam da Língua Portuguesa)

Só esse exemplo já nos dá uma ideia da importância dos valores no contexto esportivo. Diante disso, esse momento de Copa do Mundo é relevante para discutirmos nas escolas alguns valores, como o respeito à diversidade cultural e a importância da coletividade e da colaboração.

Troca de figurinhas

Sabemos que a Copa do Mundo se aproxima quando é lançado o álbum de figurinhas oficial do torneio. Nas cidades, além de trocar as figurinhas repetidas com colegas, são vários os pontos de troca espalhados por praças, shoppings e bancas de jornal. 

Mas tal prática também é comum dentro das escolas. Como controlar a troca de figurinhas? Devemos proibir ou não? Como estipular regras? Essas são algumas dúvidas frequentes dentro das instituições.

Nesse sentido, cabe a cada escola decidir se permitem ou não a prática.  Se ainda há dúvidas sobre qual posicionamento seguir, é possível discutir e decidir com a comunidade escolar sobre o assunto.

Caso a prática seja autorizada, uma coisa é certa, é necessário regras para que essa troca de figurinhas não atrapalhe as aulas e o aprendizado dos alunos. As escolas podem criar, por exemplo, momentos para que isso aconteça. Confira abaixo duas ideias!

1.       Cantinho da troca de figurinhas

Assim como acontece nas cidades, a escola pode destinar um espaço no pátio ou uma sala vazia para ser o cantinho da troca de figurinhas. Nesse local, os alunos podem trocar os adesivos nos dias e horários estipulados pela instituição, como a hora do recreio e de saída.

Você pode decorar esse espaço com curiosidades da Copa do Mundo, com símbolos e cores que representem o momento, como bolas de futebol e bandeiras das seleções participantes. Que tal fazer um cantinho assim na sua escola?

2.       Dia do álbum da copa

Outra ideia é destinar um dia da semana para os alunos levarem seus álbuns e trocarem as figurinhas, assim como acontece no dia do brinquedo para as crianças mais novas. O que acha de aliar o dia do álbum da copa com o cantinho da troca de figurinhas? 

E aí, gostou das dicas? Você tem alguma outra ideia? Conte para a gente nos comentários como sua escola está trabalhando a temática da Copa do Mundo.

Banner-3-sistema-de-ensino

Fernanda Penteado

Jornalista. Apaixonada pelo mundo, cultura, tecnologia e educação.

4 comentários

Baixe gratuitamente todos os materiais da BNCC!